Treinamento para a Rio+20

             Conforme pedidos e eu já havia planejado, vou falar um pouco sobre o que foi e como foi o treinamento dos voluntários para a Rio+20. 
              Primeiramente, devo falar sobre o que eu estava realmente esperando do treinamento. Esperava que fossem dois dias de palestras sobre os mais diversos assuntos da conferência, onde de alguma forma o conhecimento sobre esses assuntos fossem passadas de forma ativa e recebidos de forma passiva por nós, voluntários.

              A grande questão e surpresa é que não foi bem assim ! No dia do treinamento, cheguei um pouco atrasado no colégio questão de 30 minutos, duas salas já estavam completas então fui para a terceira e ultima sala. Chegando lá encontrei várias pessoas em um grande círculo se apresentando e dizendo o que esperavam da Rio+20. Logo vi que não seria somente palestras o que estava por vir ... Chegada a minha vez me apresentei, um pouco tímido, mas ocorreu tudo bem. Fiquei impressionado com a quantidade de pessoas com ideais diferentes na sala, ao final somávamos 35 na mesma sala.
              Após uma dinâmica para gravar os nomes dos colegas, já sabia alguns de cor (sou bom de memória), e outras para conhecer a personalidade de cada um, começamos a conhecer um pouco mais da Rio+20, e para minha surpresa novamente, não foi algo somente expositivo. A turma estava integrada e interessada no assunto e com isso surgiram vários temas a serem debatidos.
              Durante o intervalo para o almoço, tivemos mais algum tempo para interagir e conhecer as outras pessoas. Na volta, novamente palestras com os monitores e novas dinâmicas, como teatro sobre situações problema e uma espécie de gincana, onde tínhamos tarefas para serem feitas em trinta minutos.
Grupo de Voluntários no Treinamento para a Rio+20

              No dia seguinte, a interação foi bem mais intensa, todos já se conheciam e tudo fluiu muito melhor. Inclusive os debates sobre as ações tomadas. 
              Nestes dois dias de treinamento, muitos responsáveis foram na sala falar conosco sobre nossa atuação e algumas perguntas pertinentes não foram respondidas, como qual seria nossa área de atuação, qual nosso turno de trabalho e onde iriamos trabalhar. Tudo que recebíamos como resposta era para enviar um email explicando a situação que prontamente seriamos respondindos. Verdade é que estamos sendo respondidos, mas com 2 dias de atraso e sem muitas informações. 
              Enviando emails descobri que estou alocado no Pier Mauá, em Sociedade Civil, no turno da Tarde. Haverá uma formatura para os voluntários onde serão entregues os kits do voluntário e o cartão da Caixa para recebermos a ajuda de custo. Foi criado também um grupo no facebook para comunicação entre os voluntários e os monitores.
              Infelizmente não dá para comentar tudo em detalhes porque esta foi uma experiência muito importante e valorosa. Uma pena não ser com esse grupo que eu irei atuar durante a Rio+20, poucos estão no mesmo local que eu e muitos desses em horários distintos, mas valeu muito a pena.
              
              Hoje (10/06) fui ao Vivo Rio pegar meu kit de Voluntário e meu cartão da conta que vou receber a ajuda de custo. Em menos de 30 minutos já estava tudo resolvido, bem diferente da situação relatada por alguns colegas no dia anterior, onde houve uma cerimônia antes da entrega dos cartões. O kit é composto por produtos da Natura, lápis, blocos de anotações, certificado, sacola de plástico verde e um guia para os voluntários. Começo meu treinamento no local amanhã ... nem preciso dizer que a ansiedade é total !

Postado em: 08/06/12
Editado em: 10/06/12

Postar um comentário

My Instagram

©2019 Mundo Voluntário. Todos os direitos reservados. Tema: OddThemes