Diz aí, Voluntário - Thiago Brito - Serviços em Aeroporto - Brasil Voluntário



Olá leitores do Blog Mundo Voluntário! Meu nome é Thiago Brito tenho 18 anos e fui escalado para ser voluntário no Aeroporto Internacional de Fortaleza pelo Brasil Voluntário. Antes de começar a falar como foi o trabalho no aeroporto, vou fazer um breve resumo acerca da convocação, treinamento e divisão dos setores para trabalho, já que sou o único pelo Brasil Voluntário que está colaborando com o Blog.

Quando fiz a inscrição para ser voluntário do BV tinham diversos seguimentos para escolher e no site você já colocava sua disponibilidade durante o evento. Feito o recrutamento dos voluntários passamos por um treinamento Online com os cursos de História do Esporte, História do Futebol, Inglês e Espanhol básico e ainda um jogo que você podia “viajar” por todas as cidades sedes, mas logo ficou fora do ar por problemas técnicos. Passado a fase de treinamentos online, tivemos 3 finais de semana de treinamentos presenciais.





A primeira decepção com o BV foi à falta de informação. A cada final de semana ficávamos com mais dúvidas e sem saber o que realmente íamos fazer, já que todo o formulário que foi preenchido no site não valeu de nada. Até que no penúltimo final de semana circulou uma lista para quem queria ser líder e servir no Aeroporto. Coloquei meu nome na lista do aeroporto e esperei a convocação. Depois de convocado, no final de semana seguinte teve uma palestra com um funcionário da ANAC e o processo de cadastramento na plataforma virtual da INFRAERO, pois para trabalhar no aeroporto, é obrigatório o curso AVSEC.

A copa estava se aproximando e estávamos sem resposta. O restante dos voluntários não sabiam nem mesmo as áreas que iriam aturar. Ficamos literalmente esquecidos! Até que no dia 15 de Junho recebemos um e-mail com a data para a entrega do uniforme e vale transporte que foi dia 18 de Junho. No dia 17, os voluntários do Aeroporto receberam também um e-mail com o certificado do curso AVSEC e a informação de que todos tinham que se apresentar no posto de credenciamento do aeroporto.

Com o descaso por parte do Brasil Voluntário e da Secopa, muitos voluntários desistiram. Primeiramente cerca de 80 voluntários tinham sido escalados para o Aeroporto, mas só 20 continuaram até o fim.

Dia 19 de Junho foi nosso primeiro dia de trabalho! Acordei ansioso e com medo. Ia ser um dia de grande movimentação, pois era jogo do Brasil, e não tínhamos um local de apoio. Ainda bem que a INFRAERO nos recebeu muito bem e nos apoio até o fim! Quando cheguei ao aeroporto fui fazer o credenciamento e logo subi para o saguão, lá encontrei um grupo de amigos e com o apoio da Fiscal de Segurança da Infraero nós dividimos pelos setores do Aeroporto. Como era dia de jogo, a área de maior fluxo era o desembarque.



Foi uma experiência incrível trabalhar no aeroporto! Nos dias de jogo, o entusiasmo dos turistas era tão grande que passava para a gente. Foi um prazer ajudar! 

Eu trabalhei no Aeroporto do dia 19 ao dia 28 de Junho, e atuei em todos os setores, desde o desembarque à praça de alimentação. Os setores que eu mais gostei foi o Desembarque e o Check-in. Nos dias de jogo eu escolhia o Desembarque, pois era a área de maior fluxo e onde precisava de mais atenção. As perguntas mais frequentes eram: Como faço para chegar a “Arena Castelão?” e “Onde posso guardar minhas malas?”. Muitos torcedores vinham somente assistir o jogo. No Check-in, guiávamos os passageiros até a sua empresa aérea, organizávamos as filas e ajudávamos no que fosse possível.  

No dia 28 de Junho, meu aniversário e ultimo dia de trabalho, houve uma confraternização com o Vice Presidente da Infraero, o Superintendente da Infraero junto com os voluntários. Recebemos das mãos do Superintendente, um certificado de atuação. Foi uma manhã incrível. 


Sem dúvidas foi a melhor experiência que já tive! Foram 10 dias de trabalho cansativo e muito gratificante. Na Copa do Mundo do próximo ano vou está presente, no aeroporto ou em qualquer outro setor! Só espero melhorias no programa de voluntários do Ministério do Esporte. Espero também que a Copa das Confederações tenha sido somente um teste e que as falhas ocorridas não se repitam! Escolhi ser voluntário pelo BV para ajudar o meu país a fazer bonito, mas não depende só de nós voluntários.

Agradeço ao Phelipe pelo convite! Foi um prazer colaborar com o blog!  Peço desculpas aos leitores do Mundo Voluntário pelo atraso na postagem, pois logo depois da Copa tive que viajar.

Se alguém tiver alguma dúvida a cerca do trabalho voluntário no Aeroporto, pode falar comigo pelo Facebook! www.facebook.com/thiagolbrito.

Um abraço,

Thiago Brito.

Um comentário :

  1. Falou tudo e falou bonito Thiago, valeu a pena tudo o que fizemos e foi gratificante ver que fomos úteis mesmo sendo esquecidos pela organização do programa. Enfim, foi ótimo trabalhar com você e que venha 2014.

    ResponderExcluir

My Instagram

©2019 Mundo Voluntário. Todos os direitos reservados. Tema: OddThemes