Fique por dentro: Jogos Olímpicos e Paralímpicos Tóquio 2020

A euforia atual é a Copa do Mundo na Rússia que já encerrou suas inscrições desde o final de 2016. No entanto, os voluntários sabem que antecipação é tudo! Nossas pesquisas por novidades dos próximos eventos encontraram um verdadeiro dossiê sobre como será o processo de seleção dos voluntários para os próximos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de verão em Tóquio daqui a 3 anos. O documento, em inglês, pode ser lido na íntegra clicando aquiVamos apresentar as informações mais importantes deste documento com nossos comentários e dicas sobre ele.

Tomas Bach, presidente do COI, e Carlos Arthur Nuzman, presidente do Rio2016, com voluntários dos Jogos Olímpicos.
(Foto: Yasuyoshi Chibe - Pool/Getty Images)
A previsão da organização de Tóquio 2020 é de ter aproximadamente 90.000 voluntários somando os que irão participar dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos e também os voluntários da cidade (City Volunteers) que não são selecionados pelo Comitê Organizador e sim pelo governo metropolitano de Tóquio.

Tóquio 2020 coloca uma meta bem alta considerando que em Londres 2012 foram 78.000 voluntários e no Rio 2016 foram apenas 52.000. Essa meta se aproxima dos números de Pequim 2008 que teve a participação de 100.000 voluntários, aproximadamente. 


Para que efetivamente os Jogos tenham a cara de Tóquio os voluntários selecionados deverão apresentar os pontos fortes dos japoneses, entre eles o espírito de hospitalidade (Omotenashi, em japonês) e o senso de responsabilidade à medida que se envolvem em atividades. O papel do voluntário também estará conectado com a visão dos Jogos que são: Alcançar o o seu melhor, União com a diversidade e Conectando-se com o amanhã.

Assim como nos Jogos de Londres 2012, os voluntários terão um nome específico e uma missão. Em Londres foram chamados de "Games Maker" e "London Ambassador", criador dos jogos e embaixadores de Londres respectivamente.
Nos Jogos Rio 2016 não houve uma  nomenclatura específica para os voluntários. Todos os envolvidos na organização dos jogos eram chamados de Time Rio 2016.

A lista de funções a serem desempenhadas pelos voluntários é esta abaixo:

  • Orientação nos locais de competição: Verificar ingressos, funcionar como guia dos espectadores, atuação nas entradas dos locais de competição, etc.
  • Controle de Dopagem: Fornecer suporte aos oficiais de controle enquanto testam atletas que terminaram a competição.
  • Motorista: Transportar clientes dos Jogos entre os locais de competição.
  • Registro de Força de Trabalho: Check-in da força de trabalho onde houver, e gerenciamento da mesma dentro da instalação.
  • Distribuição de Uniformes: Atuar na distribuição de uniformes no local específico para membros da força de trabalho e outros.
  • Suporte a Mídia: Auxiliar a mídia japonesa e estrangeira nos locais de competição e centro de imprensa.
  • Serviços de Línguas: Auxiliar a comunicação entre os clientes dos Jogos, incluindo atletas, mídia e dignatários.
  • Suporte às equipes: Apoiar as equipes, preparando tudo para uma estadia confortável.
  • Suporte Logístico: Suporte a gestão e organização de bens presentes nos locais de competição e outros.
  • Operações de evento: Auxiliar a operação do evento, seguindo instruções bem como ajudar o apoio aos atletas e locais de competição.
  • Suporte Médico: Atuar com os primeiros socorros a espectadores e atletas em locais de competição.
  • Suporte ao credenciamento: Apoiar e atuar nos centros de credenciamento.
  • Sustentabilidade: Informar atletas e espectadores os processos de sustentabilidade em locais de competição.
  • Suporte a serviços externos: Dar suporte a ações de patrocinadores do evento que envolvam atletas, mídia em vários locais dos Jogos
Algumas dessas funções requerem conhecimentos específicos que devem ser assinalados no formulário de inscrição.

Há ainda a posição de Voluntário Líder que será utilizada em funções que envolvam um grande número de voluntários. O líder deve ter boa comunicação entre os voluntários e outros membros da equipe, para atuar na confirmação de escalas e atendimento direto à equipe. É importante os líderes terem boas habilidade de escuta e visão abrangente da equipe e suas perspectivas.

Foto: turismoadaptado.wordpress.com
Um dos valores de Tóquio 2020 é a União com diversidade e por isso o Programa de Voluntários também irá incentivar a participação de várias pessoas independente da idade, gênero, nacionalidade e se eles têm ou não deficiência para que todos continuem sendo voluntários depois que os Jogos terminem. Há também uma grande preocupação com os jovens do Japão que poderão ser incluídos em programas de voluntariado pela cidade e fazer algumas aparições em cerimônias. Há a previsão de encorajar os jovens universitários a participarem dos Jogos, conversando com as faculdades para que adequem seu calendário escolar ao período dos Jogos.

Recrutamento dos Voluntários

Alguns pre-requisitos já foram definidos para os voluntários dos Jogos. São eles:

  1. Ter 18 anos completos em 1º de Abril de 2020.
  2. Estar apto para participar dos treinamentos.
  3. Atuar por 10 dias ou mais.
  4. Cumprir com entusiasmo as funções até o final dos Jogos.
  5. Ter permissão (visto) para permanecer no país.
  6. Ter o desejo de se voluntariar como parte de uma equipe
Experiências e qualidades extras
  1. Conhecimento Básico dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos
  2. Experiência prévia em voluntariado em outros eventos esportivos.
  3. Desejável conhecimento básico em inglês e outros idiomas.
Os pré-requisitos são básicos para um evento internacional. Atenção principal para o conhecimento de língua estrangeira e para o visto de permanência no Japão que é exigido para Brasileiros.
A previsão para abertura do processo é o início de 2018 e deve terminar apenas nas vésperas dos Jogos. A inscrição será online e poderá ser acessada por computadores, celulares e tablets. Serão utilizados métodos de seleção dos voluntários como avaliação dos documentos e entrevistas. Os voluntários selecionados devem começar a serem notificados no final de 2019.

Treinamento dos voluntários

O treinamento está planejado para acontecer somente em 2020. E será dividido em 3 etapas. Um deles é o treinamento geral sobre o histórico dos Jogos, sobre ser voluntário, diversidade, acessibilidade, sustentabilidade e um visão geral sobre os jogos Tóquio 2020. Há também um treinamento de liderança a ser aplicado, somente aos líderes de equipe e um treinamento específico sobre a função designada ao voluntário, este treinamento deve ser realizado no local de atuação do voluntário. Os demais treinamentos poderão ser realizados em sessões presenciais em grupo ou on-line.

Haverá também testes de proficiência em línguas estrangeiras para melhor avaliação dos conhecimentos e alocação em funções necessárias.

Na parte do engajamento, haverá a realização de simpósios com voluntários que já atuaram em outros eventos, atletas olímpicos e paralímpicos para introduzirem informações motivacionais para os candidatos.

Engajamento é muito importante para um voluntário. Os jogos do Rio pecaram nesse aspecto, houve pouco engajamento antes dos jogos em si, o que provocou muitas desistências durante a atuação.
 Então é isso, voluntários! Vamos aguardar novas informações mais específicas sobre o processo de seleção de voluntários. Ao menos a publicação desse documento demonstra uma certa atenção especial com os voluntários, vindo do Comitê Organizador.

Fique ligado em nossas redes sociais para mais informações como essa!
Curta nossa página no facebook e siga-nos no instagram.

7 comentários :

  1. Sou Jocinete Manhães da Silva, da cidade de Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, Brasil. Sou Professora e fui Voluntária na Copa do Mundo FIFA Brasil 2014 e Olimpíada Rio 2016 em Elenco de Cerimônias Cariocas no Maracanã. Desejo participar da Olimpíada e Paralímpica em Elenco de Cerimônias TOKYO 2020. Desde já, agradeço. Professora Jocinete Manhães da Silva.

    ResponderExcluir
  2. Sou Sheila Pereira fui Voluntária na Copa do Mundo FIFA Brasil 2014 e Olimpíada Rio 2016 exercendo várias funçoes como,Orientação nos locais de competição: Verificar ingressos, funcionar como guia dos espectadores, atuação nas entradas dos locais de competição, etc.
    Desde já grata

    ResponderExcluir
  3. Mundo Voluntário25 de junho de 2017 19:12

    Jocinete e Sheila,


    Quando as inscrições estiverem abertas, envie seus currículos no formulário de inscrição para a organização via site oficial. Somos apenas um canal de voluntário para voluntário afim de divulgar todas as oportunidades e compartilhar dicas.

    ResponderExcluir
  4. Aguardo ansiosamente por estas inscrições, também fui voluntário nos Jogos Olímpicos Rio 2016 e Jogos Escolares da Juventude aqui na minha cidade (João Pessoa-PB), e pretendo ir pra Tóquio 2020...

    ResponderExcluir
  5. Quero muito participar fui voluntaria nas olimpíadas e nos jogos paraolímpico rio 2016 ameiii quero muito ir para Tóquio que venha 2020

    ResponderExcluir
  6. Aguardando anciosa pela abertura das inscriçõoes para voluntários em Tokyo 2020. Ja trabalhei de voluntaria nos Jogos Panamericanos Rio-2007, Copas do Mundo 2006 e 2014 e Jogos Olimpicos RIO2016. Não esqueçam de nos alertar das inscrições.

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde! Me chamo Patrícia, sou bailarina, participei do Elenco de Cerimônia nas Olimpíadas de 2016, gostaria muito de participar na de Tokyo, seria uma honra.
    Aguardo retorno, obrigada!

    ResponderExcluir

My Instagram

©2019 Mundo Voluntário. Todos os direitos reservados. Tema: OddThemes