15 curiosidades sobre Tóquio 2020 que você talvez não saiba.


Os Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang chegaram ao fim e com isso chegamos cada dia mais próximos de Tóquio. Por isso listamos 15 curiosidades da próxima edição dos Jogos Olímpicos de Verão.

1. Esta é a terceira vez que a capital japonesa é escolhida para receber os jogos, porém Tóquio hospedou as Olimpíadas apenas uma vez - em 1964.
A cidade estava originalmente programada para sediar os Jogos de Verão de 1940, mas eles foram transferidos para Helsinque depois que a guerra estourou entre o Japão e a China em 1937. Três anos depois, os jogos foram cancelados por causa da Segunda Guerra Mundial.
2. Mascotes dignos da obsessão do anime do Japão, escolhidos por crianças japonesas.

O Mascote das Olimpíadas (azul e branco) combina tradição e inovação. Segundo o criador, o designer da prefeitura de Tóquio Ryo Taniguchi, o mascote possui um superpoder de se teletransportar para qualquer lugar do mundo instantaneamente e possui um senso de justiça muito forte.

E o Mascote Paralímpico (rosa e branco) é uma personagem calma, mas muito forte quando necessário. Divertida e amante da natureza seu superpoder é conversar com rochas e ventos além de conseguir mover as coisas com o poder da mente. 

O nome dos mascotes será escolhido no meio deste ano.

3. O emblema para as próximas Olimpíadas foi deixado aos adultos e já foi revelado - um padrão circular composto de formas retangulares em azul índigo.



Os organizadores de Tóquio 2020 dizem que o design representa "unidade na diversidade" e uma "elegância refinada".
4. Depois de enviar 22 atletas para PyeongChang - incluindo 12 jogadores em uma equipe de hóquei feminino coreano unificado - a Coreia do Norte deverá competir nos Jogos de Verão.
No entanto, é muito cedo para contar o relacionamento que a equipe pode ter com a Coréia do Sul. O presidente do COI, Thomas Bach, diz que planeja visitar a Coréia do Norte este ano.
5. Os locais de competição serão espalhados em duas áreas temáticas, as zonas "Herança" e "Baía de Tóquio".
A zona "Herança" inclui alguns dos sites utilizados durante os Jogos de Verão de Tóquio 1964. A zona "Baía de Tóquio" irá mostrar eventos como slalom de canoagem, tênis e BMX.
As duas zonas se cruzam para formar um símbolo infinito com a Vila dos Atletas nesse ponto. Não haverá concentração de instalações em um Parque Olímpico.
6. Os Jogos de Tóquio contará com 339 medalhas de ouro.
Espera-se que mais de 11 mil atletas e 206 nações participem.
7. Cinco novos esportes olímpicos estreiam em 2020.
Basebol e softbol, Escalada esportiva, Caratê, Skate e surfe farão sua estreia na próxima edição dos Jogos de Verão.
8. Os organizadores estão convidando os residentes do Japão a ligar seus celulares velhos.
O metal precioso de telefones e outros dispositivos eletrônicos está sendo recuperado e reciclado para produzir as medalhas de ouro, prata e bronze que serão apresentadas aos atletas vencedores.
9. O trabalho está em andamento num novo Estádio Nacional Olímpico, no local do Estádio Olímpico original de 1964 e a um custo estimado em mais de US $ 1 bilhão.
O novo Estádio Nacional em construção em 4 de janeiro. Koki Kataoka / arquivo AP

Será o lar das cerimônias de abertura e encerramento juntamente com eventos atléticos.

11. Haverá também 15 novos eventos nos esportes existentes de natação, tiro com arco, atletismo, basquete, ciclismo, esgrima, judô, tênis de mesa e triatlo.

Esses novos eventos também apresentarão competições mais variadas. Bach, o presidente do COI, diz que as mudanças tornarão as Olimpíadas "mais jovens, mais urbanas e incluirão mais mulheres".

12. Mais conhecido como portador de bandeira sem camisa de Tonga, Pita Taufatofua pode voltar para Tóquio.

Depois de competir em taekwondo no Rio 2016, Taufatofua terminou 114º em esqui cross-country em PyeongChang. Ele sugeriu que "talvez a água seja a próxima coisa" para sua carreira esportiva

13. Vários pontos turísticos servirão como locais de prova.

Uma das atrações turísticas mais famosas da cidade, os Jardins do Palácio Imperial, acolherá eventos de corrida. Monte Fuji também está nessa lista.

14. Menos de uma década depois de ser devastado por um terremoto e um tsunami, a prefeitura de Fukushima hospedará alguns eventos.
Alguns jogos de beisebol e softball serão realizados no Estádio Azuma , que fica a cerca de 60 milhas de distância da usina nuclear que sofreu um colapso no desastre de 2011.
15. Os organizadores de Tóquio 2020 prometem que ainda serão os Jogos Olímpicos mais futuristas, com planos para robôs no aeroporto Haneda da cidade, para ajudar na linguagem e na bagagem.
Assim como em PyeongChang, a atuação dos robôs será voluntária.

My Instagram

©2019 Mundo Voluntário. Todos os direitos reservados. Tema: OddThemes