Peru celebra sua cultura na Abertura dos Jogos PanAmericanos Lima 2019

Os XVII Jogos PanAmericanos foram inaugurados ontem na cidade de Lima, capital do Perú. Com uma contagem regressiva que lembrou todos as edições anteriores dos Jogos, deu-se início a cerimônia.

Bandeira Peruana estendida no Estádio Nacional . Photo: Marcos Brindicci/Lima 2019


A exaltação ao país sede começou com o recital do poema "El Perú" do grande poeta Peruano  Marco Martos. Logo era possível ver as mais distintas civilizações que compõe a história Peruana e o amanhecer no litoral pacífico.

O desfile dos atletas começou com a delegação Argentina, que históricamente inicia os desfiles por ter sido a sede da primeira edição dos Jogos. Brasil foi a 9ª delegação a entrar no Estádio Nacional de Lima, com as medalhistas de ouro olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze como porta-bandeiras. Fazendo história Pan-Americana por serem as primeiras mulheres a ocupar este posto e também a primeira dupla.

Martine e Kahena conduzem a delegação Brasileira no Estadio Nacional. Photo: Claudio Cruz/Lima 2019

Rituais indígenas, Culinária, tecidos, roupas e folclore nacional também se fizeram presentes na cerimônia. Cada uma das partes da cerimônia tinha um ambiente próprio que era projetado em uma tela gigante que representava a montanha andina, Nevado Pariacaca.

Em seu discurso de boas-vindas, Neven Ilic, presidente da PanAm Sports destacou a superação do povo Peruano na realização do evento depois do forte terremoto que atingiu ao país e pôs em dúvida o apoio financeiro para a realização dos Jogos. Martín Vizcara, presidente do Perú após dar as boas vindas aos atletas, declarou oficialmente os Jogos Abertos. Alexandra Grande, atleta de Karatê, realizou o juramento dos atletas e Romina Quintanilla o juramento dos juízes da competição.



Logo após a chama PanAmericana chegou ao estádio nacional depois de percorrer mais de 6.500 km por 23 dias. Passando pela mão de atletas peruanos de grande destaque internacional, como Edith Noeding - medalhista de ouro em 1975 PanAmericanos do México, dois jovens atletas peruanos - Ariana Miñan e Carlos Fernandez, Lucha Fuentes - três vezes medalhista de prata em jogos PanAmericanos e por fim, Cecilia Tait, ganhadora da medalha Pierre de Coubertin e medalhista olímpica de prata em Seoul 88 que acendeu a pira PanAmericana.

Cecilia Trait acendeu a pira PanAmericana - Photo: Marcos Brindicci/Lima 2019
A festa então foi encerrada com um Show do cantor Porto-riquenho Luis Fonsi que levou o Estádio a loucura com suas músicas "Calypso", "No Me Doy por Vencido" e o hit mundial "Despacito".

Luis Fonsi se apresentou na Abertura dos Jogos PanAmericanos Lima 2019. Photo: Hector Vivas/Lima 2019


Ao todo 1860 voluntários atuaram na cerimônia de abertura dos 18º Jogos PanAmericanos Lima 2019.

Postar um comentário

My Instagram

©2019 Mundo Voluntário. Todos os direitos reservados. Tema: OddThemes